domingo, 25 de outubro de 2020

[Livros] Indicação - Bom dia, Verônica

Muitos falam da série da Netflix, o quanto é boa e mexe com o emocional, mas tenho certeza de que um grande número desse pessoal sequer imagina que "BOM DIA, VERÔNICA" é um livro. Acredito que haja os créditos na Netflix, a menção à obra literária (ainda não assisti), mas muitos não percebem e outros ignoram, o que acho normal.
 
Resolvi trazer o livro em evidência porque ainda vejo alguém que se entusiasma em conhecer a literatura daquilo que um dia virou filme ou foi para a TV. Que bom que existem essas pessoas. Que bom que existem os leitores de livros em um mundo cada vez mais dominado pelo apelo da imagem. Nada contra a imagem, é só uma observação. 

Curiosamente, a DARKSIDE BOOKS traz "BOM DIA, VERÔNICA", de autoria de Ilana Casoy e Andrea Killmore. E eu desejo compartilhar que fiquei surpreso em constatar a parceria de Raphael Montes, um autor que venho ensaiando para ler alguma obra há certo tempo. Mais surpreso fiquei ao descobrir que ele agiu sob o pseudônimo de Andrea Killmore. Por fim, a declaração de Glória Prez (autora global que dispensa apresentações) na página de divulgação torna a campanha de venda perfeita. A cereja do bolo.

Parabéns à DARKSIDE BOOKS! Espero que seja uma ótima trama e conquiste mais e mais leitores.


Sinopse: A rotina da escrivã de polícia Verônica Torres era pacata, burocrática e repleta de sonhos interrompidos até aquela manhã. Um abismo se abre diante de seus pés de uma hora para outra quando, na mesma semana, ela presencia um suicídio inesperado e recebe a ligação anônima de uma mulher clamando por sua vida. Verônica sente um verdadeiro calafrio, mas abraça a oportunidade de mostrar suas habilidades investigativas e decide mergulhar sozinha nos dois casos. Um turbilhão de acontecimentos inesperados é desencadeado e a levam a um encontro com lado mais sombrio do coração humano.

Sobre os autores: Ilana Casoy é criminóloga e escritora. Dedicou-se a estudar perfis psicológicos de criminosos, especialmente de serial killers. Ela foi a primeira autora nacional da DarkSide® Books, madrinha da linha Crime Scene, e publicou Arquivos Serial Killers: Made in Brazil, Arquivos Serial Killers: Louco ou Cruel?, Casos de Família (que reúne A Prova é a Testemunha, relato inédito do Caso Nardoni, e O Quinto Mandamento, sobre o assassinato do casal Richthofen). Colaborou na série escrita por Gloria Perez e dirigida por Mauro Mendonça Filho, Dupla Identidade (2014), exibida pela Rede Globo. 

Bom Dia, Verônica foi lançado originalmente em 2016 em parceria com Raphael Montes sob o pseudônimo de Andrea Killmore, e é sua primeira publicação de ficção pela DarkSide® Books.
Raphael Montes é autor de Bom Dia, Verônica; A Mulher no Escuro; Dias Perfeitos; Suicidas; Jantar Secreto e O Vilarejo. Seus livros têm sido publicados na França, República Tcheca, Espanha e Polônia. Bom Dia, Verônica foi lançado originalmente em 2016 em parceria com Ilana Casoy sob o pseudônimo de Andrea Killmore, e é sua primeira publicação pela DarkSide® Books. Saiba mais em raphaelmontes.com.br.

Texto direto do site DARKSIDE BOOKS

6 comentários:

  1. Oi, Fabiano! Este livro parece-me ótimo. A editora Darkside Books costuma ter excelentes livros, este aí me parece deste grupo de ótimos livros. Adorei a indicação. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entao Luciano. A Darkside manja no marketing. Parece bem atrativo, a princípio. Quem ja meu Raphael Montes deve ter uma ideia.
      Um abraço

      Excluir
  2. Olá!
    Como você está? Espero que esteja bem.
    O livro parece ser bem interessante, eu sempre procuro ler o livro antes de ver a série, e os livros da Darkside são sempre lindos e de bom conteúdo. Obrigada pela dica.
    Acabei de conhecer seu blog e já estou seguindo, parabéns pelo conteúdo.

    Beijão!
    Lumusiando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria Eduarda
      Seja bem-vinda. Vou conhecer seu blogue. Se eu gostar, adiciono na minha lista. Assim eu sigo com facilidade.
      Quanto a questão de ler o livro antes, li poucos que foram para a tela, mas também acho melhor ler primeiro e depois assistir.
      Um abraço.

      Excluir
  3. Olá, Fabiano.
    90% dos filmes e séries são adaptações de algum livro. É só procurar que encontra hehe. É mais fácil adaptar algo que já foi criado e desenvolvido do que ter sua própria ideia. Quanto a série citada ainda não assisti, nem li o livro. Ele foi lançado pela primeira vez em 2016 e na época li bastantes resenhas negativas dele e desisti de ler.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Silvana. Fiquei sabendo mesmo que é uma obra de 2016. Nunca tinha ouvido falar. Não vi a série porque estou com outras. Quem sabe, vejo em breve. Um abraço.

      Excluir