quinta-feira, 28 de outubro de 2021

DESABAFO SOBRE A HOMOFOBIA DO MAURÍCIO E A NOSSA POLÍTICA $$$

De repente fiquei sabendo que o Superman tem um filho bissexual. E daí? Pra mim, blz! Não fede e nem cheira. Para muitos, um descontentamento. E expressar esse descontentamento é que não vem sendo nada bom, porque há uma militância vigilante em cima do que se escreve, principalmente quando a pessoa for uma artista de peso ou tiver um cargo de grande visibilidade para determinada empresa. Foi o que aconteceu com o jogador de vôlei Mauricio, do Minas Club, que se expressou descontente com a notícia com uma frase do tipo "vai vendo onde isso vai dar"". Vai dar que Mauricio, agora, não joga mais pelo Minas Club e possui seu futuro profissional incerto, vez que as empresas de hoje, POR CAUSA DOS LUCROS, obedecem ao efeito manda do momento, onde pessoas como Maurício não possuem o  perfil adequado. Toda essa discriminação porque o cara escreveu uma simples fase que não contém termo pejorativo, palavrão, apenas expressa descontentamento. 

Não vou defender Maurício, pois não o conheço, não sei se, de fato, é homofóbico ou não. Ele tem seus meios de arcar com sua posição. Prefiro focar no barulho que isso fez em nome da comunidade LGBTQIA+, um movimento que faz parte de uma onda política que diz proteger pessoas, mas causa muito reboliço por coisas sem importância, mas quando há assuntos realmente sérios a tratar, pouco operam com eficácia. É esse o foco da questão, no meu entender. Pois impedir Mauricio de expressar algumas palavras mornas não o tornará menos homofóbico. MAS A PENALIDADE, SIM. Uma pena, no entanto, que o assunto foi o filho bissexual do Superman, uma jogada (mais uma, né?) da editora desses super-heróis que não sabe mais o que fazer para alavancar as vendas de sua nova produção decadente e sem nada consistente e significativo que atraia seus leitores que ainda compram histórias de 20 a 30 anos atrás com capas e cores novas porque as atuais não lhes agradam.

De novo a indústria de determinada franquia quer lucrar usando uma população específica que, por sua vez, atende muito bem às suas expectativas porque promovem por conta própria o reboliço, o tumulto, o barulho em torno dessas produções, dando a elas, com isso, toda a notoriedade e popularidade que esses quadrinhos precisavam para alavancar seu faturamento. É triste ver que esse movimento, que deveria se empenhar nas políticas de segurança e bem-estar da população comum, como eu, você e muitos outros anônimos que vivem neste país, prefere focar em acontecimentos medianos, mornos, xoxos, transformar uma coisa menor em algo gravíssimo. Todo esse barulho aconteceu porque envolveu dinheiro, patrocinadores, uma pessoa conhecida pelo vôlei... 

Enquanto isso, no mundo real e comum a muitos de nós, a violência LGBTQIA+ continua de vento em popa com nossos vizinhos, nosso parentes, pessoas que nem conhecemos e até as que estão muito próximas nos hostilizando, nos deixando constrangidos, ate agindo com violência. E ninguém faz faz nada. Todo mundo finge que não viu. De repente as pessoas ficam cegas, surdas e mudas. Ficam bobas. Ninguém nunca vê nada. Ninguém nunca sabe de nada. E continuamos assim, a Deus dará, pois quem poderia se empenhar para melhorar nossa situação está mais ocupado em amordaçar "medalhões" babacas na Internet, em promover o movimento dessa maneira e, com isso, deixar que muitos canais, sites e empresas em geral se promovam também.

Fiz os vídeos para serem assistidos e refletidos. São três partes onde não consta apenas uma opinião vazia sobre algo do momento e, sim, um pouco do meu olhar, minha experiência pessoal como gay assumido que sou, sobre como é horrorosa a homofobia e me deixou sequela. Foi horripilante no passado e continua horrenda hoje, com essa falta de foco e o oportunismo de quem deveria priorizar a população ao invés de ficar caçando estrelinhas. Uma coisa é o que a mídia mostra. Outra, bem diferente e triste, é a realidade.

Eis o link para o primeiro vídeo. Através dele, vocês chegarão aos outros.

https://youtu.be/dH85oEpZkpM

Agora vocês sabem porque não gosto de falar em política.

Daqui para frente, é bom eu usar a mordaça...

domingo, 24 de outubro de 2021

DESFILE DAS TIRINHAS

Olá, pessoal! Como vocês estão? Espero que gostem de mais este Desfile das Tirinhas. 

Boa semana para todo mundo! 

BIDU - MAURICIO DE SOUSA PRODUÇÕES

GARFIELD - JIM DAVIS

HAGAR, O TERRÍVEL - DIK BROWNE & CHRIS BROWNE

MAFALDA - QUINO

A TURMA DO CHARLIE BROWN - CHARLES SCHULZ

quarta-feira, 20 de outubro de 2021

EX-PADRASTO 2 e 3 GRATUITOS

Meus dois mais recentes ebooks estão sendo bem lidos e isso é  ótimo. Coloquei-os gratuitos, hoje e amanhã, pois assim consigo ainda mais leitores.  

EX-PADRASTO - Parte II e Parte III 

www.amazon.com.br/dp/B09JCM1LGW

www.amazon.com.br/dp/B09GRP5GJR



domingo, 17 de outubro de 2021

VERDADES VOMITADAS - REFLEXÃO

Não sou petista.

Não sou bolsonarista.

Na verdade precisamos rebootar tudo.

Começar tudo do zero e diferente.

Porque esse sistema nunca vai melhorar. 

Pense bem, esse sistema aceita qualquer um pra cargos de deputado e senador e até presidente. Se aceita qualquer um e paga bem, logo atrai gente que não está nem aí pro país e só  quer garantir o seu $$$

O povo fica aí, dando murro em ponta de faca, defendendo este ou aquele, quando todos são sacanas, safados. 

O povo já nem tem a noção do quanto os políticos estão se aproveitando. 

Aliás, se continuarmos indo pelo povo, vamos todo mundo prum buraco. 

Essa democracia não funciona. Porque nunca tivemos de verdade uma. 

Acordem, pessoas estúpidas! Sim, vocês são estúpidas! Defendem desarmamento, só que é você que está desarmado, seu otário, pois o bandido nunca ficou. O Brasil se acabando, o povo comendo osso e ainda pagando por ele, mas a prioridade se tornou defender o tal absorvente. Você é otário!  Tá comendo osso? Vá comer capim! Relinche um pouco aí pra mim!

Agora pegue e vai pagar 120 contos pra trocar seu gás. Compre aquela cerveja de 2 reais e ligue o som lá  nas alturas pra mostrar o quanto está  feliz. Fale pros outros o quanto você ama Lula, Psol, Podemos e essa parafenalha toda que ama o bandido que cada vez mais o deixa preso em sua casa. E o que defende o bolsobarismo se acha o Rambo, o fodao dentro da lei, sendo que nessa lei os cabeças são poderosos chefões que o usam e reusam, e acham que você nunca tem necessidades, que sua vidinha está ótima, que você tem só que servi-los e ficar quietinho. Porque eles é que sempre sabem de tudo, você não, você nunca. Gays, negros e obesos defendendo esse homem e sua família, sendo que eles adorariam nos colocar numa câmara de gás porque nos acham inadequados, inferiores. É esse tipo de gente que você anda defendendo. Porque você se acha diferente dos outros. Mas eles o acham igual a todos os outros e vão usa-lo sem dó e pegar seu dinheiro pra eles.

Vomitei verdades


sábado, 16 de outubro de 2021

POESIA - VOCÊ ME OLHA EM VOCÊ

Você  pode mostrar a si o quanto é  resistente quanto às  provações da vida. Afinal, não é a primeira vez que surgiram circunstâncias que lhe obrigaram a sorrir em público para depois desmoronar no intimismo de seu quarto. 

Não  é  a primeira vez que não  correspondem às suas expectativas.

Não  é  a primeira vez que o ignoram, disfarçam e logo você percebe que não o ouviram. 

Não é  a primeira vez que o subestimam e depois o procuram, sem a menor vergonha na cara.

Você pode mostrar o quão superior é... por não se deixar abalar, por demonstrar firmeza, autocontrole e fé. 

Agora, permita-se estar mais à  vontade para mim. Olhe-me... bem no fundo de seus próprios olhos... e deixe o coração expurgar toda a dor daquilo que está fazendo você ter vontade de chorar.

Olhe bem para mim... no fundo dos seus olhos... e não tenha vergonha do seu pranto real e verdadeiro. Eu estou aqui para você, o tempo inteiro. Eu reflito a sua pessoa. Sou o seu espelho.

Olhe bem para mim... no fundo dos seus olhos. Quem você realmente é... Basta me olhar, então eu lhe mostro. 

---

Você Me Olha Em Você 

Autor: Fabiano Caldeira 

quarta-feira, 13 de outubro de 2021

REVIEW - PATO DONALD N° 2301

Hoje resolvi compartilhar esta revista que tenho guardada há anos e coincidiu de ler novamente. Tenho muitas edições que não li nenhuma vez ainda, já outras eu lembro que li, apesar de não lembrar ao certo do teor das HQs, mas vem aquela sensação de ter gostado muito, então resolvo querer saber o porquê, então me deparo com as historinhas novamente.

Pato Donald n° 2301 é uma publicação da Editora Abril de Setembro de 2004, contendo 36 páginas no total, incluindo capa e contracapa, distribuição quinzenal na época e preço de capa em R$ 1,95 (um real e noventa e cinco centavos).. 

A revista traz três histórias em quadrinhos bastante divertidas que mostram o melhor lado do Pato Donald - uma pessoa versátil e disposta a fazer qualquer tipo de trabalho. O problema é quando se empolga e se convence que pode fazer melhor, daí vai metendo os pés pelas mãos e muita confusão acontece.

A HQ de abertura foi a mais divertida:  O REI DOS RATOS mostra uma performance invejável que Donald descobriu ter para apanhar ratos, então ele vai pegando alguns aqui e ali, até se ver em um evento nobre onde a situação se complica. Impressionado com o aparente desempenho do pato, o anfitrião resolve escalá-lo para o Festival do Queijo de Patópolis -- um importante evento social que será muito comentado por gente interessante -- e é que a porca torce o rabo. Como verão nos desenhos, há uma chuva de ratos para todos os lados apanhar os ratos. Até me lembrou daquela matéria jornalística que mostrava ratos invadindo casas e passando por cima de moradores e móveis. Eu não queria estar na pele do Donald. Aliás, que ofício mais nojento ele arrumou dessa vez. PQP!

SERENA ALEGRIA mostra uma faceta do Donald que eu não conhecia, a de uma pessoa que esquece de levar o dinheiro e depois se esquece de pagar. Huguinho, Zezinho e Luisinho pedem ajuda ao Prof. Ludovico porque o Donald fica o tempo todo dando risinhos e com cara de bobo-alegre. Eles tentam distrair o pato e fazer coisas que supostamente não o deixariam nada contente, mas ele continua firme e forte como bobo-alegre. Prof. Ludovico fica sabendo como tudo começou: Donald foi comprar pães e o homem, no caixa, vendo-o sem dinheiro, deixou que levasse os pães, acreditando que o pato levaria a grana depois. Desde então, Donald ficou daquele jeito. Prof. Ludovico sugere que o pato cumpra com o o que lhe era esperado dele, então vai todo mundo acompanhá-lo à padaria e testemunhar o pagamento. Como num passe de mágica, a partir do momento em que pega o homem do caixa, ele já não encontra mais nenhum motivo para rir, deixando os patos muito felizes por ter voltado ao normal.


O PODER DAS PALAVRAS é a terceira e última aventura. Donald trabalha como repórter de um jornal. Curioso que não é para o jornal do Tio Patinhas, A PATADA. Há uma relação de amor e ódio entre ele e seu chefe, nenhum pouco tolerante com seus deslizes e, por isso, resolve escalá-lo para compor uma matéria sobre o aumento de roubo nas áreas do subúrbio de Patópolis. O homem já deixa bem claro que é para Donald escrever a melhor matéria de sua vida, só que o pato, ao voltar para casa, não consegue focar toda sua atenção no dever, já que Huguinho, Zezinho e Luisinho não dá trégua, pois são muito ativos e ficam exigindo a atenção constante dele que, por usa vez, liga para algumas pessoas e pede o favor delas olharem dos meninos durante um curto espaço de tempo, mas essas pessoas tão queridas e amadas não são bobas de ficarem com os três capetas, então Donald vai amargando um pou um dos contatos tirando o corpo fora, até que um deles lhe informa sobre uma doce senhora que adora cuidar de crianças e que ela é sempre muito bem-quista. Donald, sem opção, resolve entrar em contato com ela. À primeira vista, a doce senhora é amável e inofensiva. Ela realmente atrai a atenção dos meninos quando começa a falar e então ela não cala mais a boca, nunca mais, nenhum segundo... e isso, com o passar do tempo, vai incomodando até mesmo o Donald que não aguenta mais ficar ouvindo a vozinha chata dela o tempo todo, ainda que de longe. É uma HQ muito divertida, embora as situações sejam exageradas, pois onde já se viu alguém falar tanto assim. Eh, eh, eh! O mais engraçado desses quadrinhos é a aparência caricata desses personagens de uma historinha só, e até os nomes deles costumam ser divertidos. 

Adorei compartilhar esta revista com vocês. O Pato Donald é meu personagem preferido desses quadrinhos Disney, pois me identifico muito com ele. Amo também o Tio Patinhas e os sobrinhos, também o Peninha. Não gosto do Gastão, acho ele um chato de galochas, e a Margarida me é estimada, mas me dou ao direito de trolá-la às vezes. 

A versão em vídeo está no canal HQ Disney e você pode assistir clicando aqui

Abraços a todos! Até a próxima postagem!


domingo, 10 de outubro de 2021

ÁGUAS DA RENOVAÇÃO - SUMI DO BLOG

Hoje chove após um longo período de estiagem, clima extremamente seco que tem ocasionado muitos incêndios criminosos os quais ninguém foi preso porque não existe uma segurança capaz de identificar e pegar os culpados e também porque, muitas vezes, o culpado é teu próprio pai que passou po aquela região onde só viu um matinho e jogou no chão aquela inofensiva bituca de cigarro que já não serviria para mais nada -- mas serviu para ocasionar um incêndio e a matança de muitos animais. E aí, como prender uma pessoa do bem, provável mantenedor da família e repleto de boas vivências com todos em decorrência desse deslize, digamos, inconsciente? Pois, infelizmente, as leis não refletem, não analisam, não ficam raciocinando o que foi que houve. Para a lei, toda e qualquer pessoa que provoca um crime merece ser punido. Não há pormenores a serem observados. Essa é a lei. Então, muitas vezes, o jeito é fazer de conta que ninguém sabe e ninguém viu, porque não dá para mandar para um sistema penal alguém que cometeu um deslize "sem-querer", mas é boa pessoa. Não estou defendendo ninguém. Só estou dizendo que existem circunstâncias assim. Também não sou um defensor ecológico, não sou um radical que vive vangloriando ONGs e instituições ambientais. Talvez devesse ser, mas não sou. Só que eu não preciso ser ativista da causa ou ambientalista para averiguar que esses incêndios, além de matar animais inocentes que apenas estão em seu local natural, trazem muitos deles para dentro de nossas casas, o que provoca um problema ainda maior, pois eu não gostaria de ser surpreendido por uma cobra no meu quarto, na minha sala, em lugar nenhum de minha casa. Não gosto nem dos inocentes macaquinhos. Imagine se vou me simpatizar com bichos mais perigosos. 

Então a chuva veio e espero que o caos dos últimos dias termine. Também espero que os estragos sejam reparados para que cada coisa tenha seu devido lugar - os bichos no lugar deles e a gente no nosso. Agora, eu espero mesmo é que nosso governantes ciem vergonha na cara, pois Ribeirão Preto está com três obras paradas, sem previsão de quando retornarão. E isso prejudica comerciantes que estão sofrendo no lugar onde ocorrem essas obras, isso prejudica a própria mobilidade urbana, já que duas delas são em avenidas principais e deveria estar prontas para ontem, mas a politicagem ribeirão-pretana está acostumada com essas enrolações $$$. A gente já sabe que tudo se resolve tomando um cafezinho $. E tudo fica por isso mesmo, entra gestão e sai gestão, porque há um desinteresse do próprio ministério público. 

Na estiagem falou-se em investir em captação de água. Esperaram chegar esses período crítico para perceberem o investimento que deveriam ter feito, que volta e meia vira promessa de campanha, até elegeu e reelegeu prefeito. Agora vem as chuvas que provocam uma certa amnesia nesse povo todo, até a próxima estiagem. E, sinceramente, dá até medo de pensar em que tipo de investimento fariam por aqui, já que temos três obras paradas que só estão atormentando muita gente.Acho melhor nem pensarem, realmente, em mexerem com a água daqui, senão, o mais provável é que todos fiquemos em ela, por pura incompetência administrativa. Você pensa que os políticos daqui se importam com a população? Se importa coisa nenhuma! Os que possuem algum comprometimento são tão poucos que acabam não tendo ações. 

Portanto, eu desejo que essa época das águas que agora começa venha para renovar a natureza, para reequilibrar a fauna e a flora, os poços, os aguadouros, os aquíferos, as lagoas e os rios. E que, principalmente, renove a consciência comportamental das pessoas de que vivemos em um coletivo, portanto, essas pessoas precisam ter atitudes mais cuidadosas e responsáveis, principalmente nossos políticos que respiram o mesmo ar que o nosso e pagam seus impostos e precisam da água para viver, assim como todos nós precisamos. Que a consciência política venha com as águas, se desenvolva e se fortaleça como uma bela árvore repleta de projetos e ideias que rendam bons frutos a todos.

*****

Mudando de assunto:

"Ah, o Fabiano não está postando mais. Será que vai fechar o blog?"

Se um dia eu me desencantar com esta plataforma, simplesmente a deixarei aqui. Não apagarei como fiz nas outras vezes. 

Não penso em abandonar o blog. Ainda mais agora que as redes sociais ficaram com todas as pessoas nocivas, então temos maior liberdade por qui e um público bem melhor, pois só fica quem realmente gosta.

Mas uma coisa é fato: haverá períodos em que darei minhas sumidas, pois não está havendo tempo. Tenho dois canais no YouTube, tenho meu espaço de ebooks na Amazon, tenho meus desenhos e minha escrita para me dedicar, tenho meus livros e quadrinhos para ler, uma casa para cuidar, pessoas que vivem comigo e que amo. Então é normal que o blog dê uma parada.. E se um dia parar de vez, tudo bem. Um dia, tudo acaba. Não vou ficar me cobrando pela manutenção dessas plataformas.

Não vale ficar somente aqui e depois pensar "Ai, que saudade do Fabiano!", sendo que tenho Facebook, Instagram, dois canais no Youtube, ebooks na Amazon... Então a pessoa tem saudades porque ela quer. A pessoa pode muito bem me acompanhar nos outros lugares. A verdade é essa.

Vamos seguindo em frente, de alguma maneira, do jeito que der. 

Abraços. 

Canal TE QUERO LEITOR - www.youtube.com/c/tequeroleitor

Canal HQ DISNEY - www.youtube.com/c/hqdisney

Amazon - www.amazon.com.br/fabiano-caldeira

Facebook - www.facebook.com/fabiano.caldeira.129

Instagram - www.instagram.com/escritorbarbado